segunda-feira, 26 de março de 2018 Imprimir

Foi realizada nesta segunda, 26/03, no Auditório da Justiça Eleitoral em Porto Velho/RO duas Assembleias Gerais, sendo uma Ordinária  para apreciação do balanço patrimonial e financeiro do exercício de 2017 do SINDIJUFE RO-AC  e a outra sendo Extraordinária, por força da convocação da Comissão Eleitoral que apresentou proposta para alteração do calendário eleitoral com pedido de prorrogação para a data da eleição e do mandato da atual diretoria.

Após publicação de Edital de Assembleia, dia 16 de março, o coordenador do sindicato em Rio Branco, Ronaldo Braga, alegou motivo de força maior, no último dia 22/03 (sexta-feira), dizendo não ser possível a realização da assembleia no dia 26/03, naquela Capital, em razão da ocupação do local da realização da AGE, auditório da JE, pelo direção do Tribunal Regional Eleitoral do Acre, no mesmo horário e data , sugerindo nova convocação da Assembleia para dia 27/03.

O coordenador João Beleza, no dia 22/03 (sexta-feira), requereu a mudança da data da AGE do dia 26/03 para 27/03 e solicitou a inclusão de novos temas, Regulamentação do uso do Fundo de Greve e o Regimento da União Sindical da Amazônia, na pauta da AGE do dia 26/03 de convocação requerida pela Comissão Eleitoral.

O sindicalizado Edirlei Barboza Pereira de Souza protocolizou Representação, junto à Diretoria Geral do SINDIJUFE RO-AC, nesta segunda-feira (26),  solicitando esclarecimentos quanto as razões da convocação de nova assembleia e da inclusão em pauta das matérias que tratam da regulamentações (Fundo de Greve e União Sindical do Norte), sem a prévia divulgação e amplo debate com a categoria, considerando ser o tema de relevância para base, havendo necessidade de convocar assembleia exclusiva  para deliberação dos temas, alegando descumprimento dos prazos estatutários necessários para publicação do edital de assembleia para dia 27/03.

Após  muita discussão, esclarecimentos da Diretoria em reposta ao solicitado pelo filiado Edirlei Souza, as ponderações do advogado Ueliton Felipe do Jurídico do SINDIJUFE RO-AC, sobre a exigências do cartório para registro das atas de convocações decorrentes do processo eleitoral e as relevâncias das matérias, a Assembleia deliberou por unanimidade pelo cancelamento do Edital de Convocação Assembleia Geral Extraordinária para dia 27 de março de 2018, tornado nula a convocação da mesma, pela falta de prazo legal para publicação e pela falta da apresentação formal do cancelamento da AGE do dia 26/03, validando a Assembleia Geral Extraordinário do dia 26/03/2018,  aprovando a pauta sugerida pela Comissão Eleitoral, marcando a data de 11 de abril de 2018 como a data oficial para realização das eleição da nova Diretoria do SINDIJUFE RO-AC, biênio 2018/2021, bem como a prorrogação do prazo de até 15 dias para o termino do mandato da atual Diretoria do SINDIJUFE RO-AC, a contar do dia 21 de abril, conforme estatuto em vigor. Ficando para data oportuna a convocação de assembleia para deliberar sobre a Regulamentação do uso do Fundo de Greve e do Regimento da União Sindical da Amazônia.

Quanto a apreciação do Balancete Patrimonial e Financeiro do Exercício de 2017, após esclarecimentos da coordenadora administrativa e financeira do SINDIJUFE RO-AC, Irleda Soares, declarou prejudicado o exame e apresentação das referidas contas, naquele Assembleia Ordinária,  pela exíguo tempo alegado pelo Conselho Fiscal que apresentou manifestação acerca do prazo para apresentação da parecer final. Deliberado, a Assembleia, por unanimidade o aguardo da manifestação oficial do Conselho para posterior publicação de nova  assembleia ordinária para apreciação da prestação de contas do exercício 2017. 


Fonte: Sindijufe RO-AC